Arte, conservação e ciência na formação de pequenos-grandes humanos!

Atualizado: 16 de Out de 2020

Por Bárbara Ramos Pinheiro e MAR ina T. Botana


Coleção de imagens dos diferentes personagens que participam dos episódios da série Mar à vista. Os personagens são baseados em animais marinhos reais que estão presentes na Area de Protecao Ambiental Costa dos Corais. Observamos corais cérebros, peixes boi, tartatugas marinhas, siris, aves marinhas, peixes e pescadores humanos que vivem em interação com os animais neste ambiente costeiro.

Ilustração: Time LACOSKIDS com licença CC-AS-BY 4.0.


Nos últimos meses de quarentena vimos não somente adultos, mas também crianças passando por um processo intenso de adaptação de rotina. O mundo virtual ganhou mais espaço, todos passamos a ficar muitíssimas mais horas por dia “conectados”. Se não bastassem todos os desafios naturalmente atrelados ao isolamento social e à pandemia, ainda observamos o questionamento das ciências e da importância da educação feitos por diferentes frentes. Como cientistas e pesquisadores, uma de nossas atividades fundamentais, tão importante quanto escrever artigos e descobrir coisas novas, é a nossa atuação social na contribuição para a formação de pessoas. Afinal, já dizia Paulo Freire que a educação sozinha não transforma o mundo, mas ela pode transformar as pessoas e “as pessoas transformam o mundo”. Educação é aprendizado sobre o mundo, mas também é o despertar de senso crítico e consciência para dentro de nós mesmos, para entender os nossos direitos e deveres como seres humanos. É realizar o quanto sociedade e meio ambiente são intrinsecamente dependentes um do outro. É desenvolvimento intelectual, pessoal, ético e moral para perceber o quanto tudo à nossa volta está conectado.


O confinamento nos trouxe a necessidade de transformar tudo, inclusive as diferentes formas e ferramentas de aprendizado. Foi daí que nasceram dois lindos projetos que gostaríamos de apresentar hoje na comemoração do Dia das Crianças! – o desenho animado “Mar à vista” e a série de vídeos “Criança com ciência” desenvolvidos pela equipe de voluntários, bolsistas e parceiros do Laboratório de Conservação do Século 21 (@lacos21) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).


Série de episódios "Mar à vista"


Fantoches dos personagens da série Mar a Vista. Observamos um coral cérebro amarelo com bigode e óculos que na série faz papel de professor. Depois vemos uma peixe boi fêmea cinza com colar de pérolas que é mãe de Tutu, um peixe boi criança que é o personagem principal da série. Tutu veste um chapéu vermelho e amarelo. Também observamos uma Tartatuga de chapéu e óculos e um humano com chapéu de palha de pescador.

Unindo arte, conservação e ciência o “Mar à Vista” tem como objetivo promover a fauna e a flora da Área de Proteção Ambiental da Costa dos Corais (APACC). O projeto também conta com a parceria do ICMBio, Instituto Ayni, pesquisadores do PELD CCAL/UFAL, e de alguns convidados especiais, incluindo apoio da Fapeal, CNPq, e do Fundo Newton para a criação das animações. As produções audiovisuais apresentam ao público infantil a APACC e compartilharam conhecimento sobre ecologia, conservação, e impactos ambientais, de maneira lúdica. Além de educação ambiental, trazem conhecimentos diversos sobre a cultura alagoana e nordestina através de músicas autorais e dos sotaques dos personagens. Os diferentes episódios focaram em dar vida aos manguezais, mostrar a importância dos recifes de corais, ensinar sobre desova de tartarugas, e apresentar outros projetos e iniciativas que ocorrem na unidade de conservação.





Fantoches que inspiraram os personagens do projeto “Mar à Vista”- Doutor Dan (coral cérebro), Dona Nise (peixe-boi mãe), Graci (tartaruga marinha, verde), Tutuca (peixe-boi filho) e a pescadora Linda Os nomes foram inspirados nas personalidades alagoanas - Graciliano Ramos, Dandara dos Palmares, Arthur Ramos,Nise da Silveira e Linda Mascarenhas. Antes da pandemia, a idéia inicial do projeto era levar o tema presencialmente para as escolas e fazer apresentações no Museu de História Natural da Universidade Federal de Alagoas e outros espaços públicos. (Fonte: Time LACOSKIDS com licença CC-AS-BY 4.0.)


Montagem feita com as pessoas envolvidas nos projetos Mar à vista e Criança com ciência. Diversos homens e mulheres de diferentes idades que são membros ou voluntários no laboratório LACOS21. Juntos formam a equipe do LACOSKIDS.

A equipe do LACOS21 resolveu focar em divulgação científica para o público infantil também através da comunicação livre entre pequenos cientistas e grandes pesquisadores nacionais. O “Criança com ciência” traz um quadro de perguntas e respostas com curiosidades de deixar os cabelos em pé! Os pais ou responsáveis encaminham os vídeos com dúvidas das crianças e, periodicamente, uma nova curiosidade vinda de diferentes lugares do país é ilustrada por um especialista do assunto e divulgada nas redes sociais.


Time LACOSKIDS (Licença CC-AS-BY 4.0.)


Série de episódios "Criança com ciência"


O sucesso dessa iniciativa de divulgação científica do LACOS21 e colaboradores mostra o quão importante e efetivo pode ser o nosso papel como cientistas na formação das crianças e o quanto somos capazes de diversificar as ferramentas de comunicação para expor e discutir questões tão importantes. Não buscamos que todos os pequenos fãs destes projetos escolham um dia se tornar cientistas, mas acreditamos que ao despertar para a conservação da natureza, através do entretenimento e aprendizado, possamos construir pequenos-grandes seres humanos que irão lutar por um mundo melhor!


Feliz dia das crianças!


Para novidades sigam as páginas no Instagram, Facebook e canal do youtube!

@lacos21, @maravistaprojeto (instagram)

https://www.youtube.com/c/Lacos21/featured

https://www.facebook.com/maravistaprojeto

https://www.facebook.com/lacos21

https://lacos21.com/


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Sobre a autora:


Bárbara Ramos Pinheiro (@barbara.pin)

Foto da autora do post, a pesquisadora Barbara Ramos Pinheiro. Na imagem Bárbara está vestindo uma camiseta rosa de mergulho e usando máscara e snorkel. Ela está em um ambiente rodeado de recifes de corais e águas claras e cristalinas.

Bióloga, Mergulhadora, Mestre e Doutora em Oceanografia pela Universidade Federal de Pernambuco. Bárbara é especialista na gestão de ambientes costeiros. Já atuou em projetos de conservação e monitoramento ambiental em diferentes áreas de proteção ambiental no Brasil, como na APA Costa dos Corais em Alagoas e na Reserva Biológica do Atol das Rocas. Hoje é diretora executiva do Instituto Ayni de conservação ambiental e desenvolvimento social (@institutoayni). Também é pós doutoranda no Laboratório de Conservação do Século 21 (@lacos21), onde supervisionou a criação dos projetos “Mar à vista” e “Criança com ciência”.

Contato: barbara.pinheiro@gmail.com



#DiaDasCrianças #CiênciasDoMar #Oceanografia #VidaDeCientista #BatePapoComNetuno #CriançaComCiência #QuarentenaComCriança #QuarentenaCriativa #DivulgaçãoCientífica #ScienceKids #Educação #EducaçãoAmbiental #marinatbotana #Convidados


162 visualizações0 comentário