Circulação Termohalina

Por Gabrielle Souza


A circulação termohalina, também chamada de circulação profunda ou abissal, consiste na circulação de águas no oceano profundo, resultante de variações na temperatura e salinidade (termo - temperatura, halina - salinidade), que causam modificações na densidade da água. Essas variações podem ser provocadas por processos de evaporação, precipitação, descarga de rios e degelo nos polos. Chamamos de termohalina, qualquer circulação que não é gerada pelo vento. Uma parte importante deste processo é a formação da água de fundo que se dá por convecção, quando a água fria na superfície em altas latitudes (nos polos) afunda.


A circulação termohalina é importante na dinâmica dos oceanos, pois este fluxo de águas pode até mesmo alterar o clima. Mas é importante lembrar que a circulação termohalina tem velocidades da ordem de 1cm/s e pode levar séculos para redistribuir o calor no planeta. As águas frias da circulação termohalina só voltam à superfície em baixas latitudes, quando ocorre a mistura do calor da superfície com as camadas inferiores. Lembre-se que não existe uma fonte significativa de calor nos oceanos.


As imagens abaixo apresentam o ciclo da circulação termohalina e as correntes que resultam deste fenômeno. Na primeira você pode ver como funciona a circulação, enquanto a segunda imagem mostra os locais de formação de águas profundas (deep water formation). As correntes de superfície estão em vermelho e as correntes profundas em azul.

A água fria mais salgada e mais densa afunda, enquanto a água mais quente

e menos salgada, com menor densidade sobe à superfície. Fonte


Quando o gelo se forma nos polos, os sais não congelam junto e são liberados na água, tornando-a mais salina e densa. Portanto, observamos o afundamento de água fria que se desloca em direção ao equador.

Esquema da circulação termohalina, evidenciando o sentido das correntes frias e profundas, em azul, e quentes e superficiais, em vermelho. Crédito: WikiMedia Commons.

Para saber mais:

http://cienciapatodos.webnode.pt/news/o-oceano-e-o-clima/


Referências:

SATO, Olga. Circulação Termohalina: São Paulo: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo.


Posts relacionados:

Como o derretimento das geleiras pode afetar os oceanos e o clima


Dinâmica da produção primária e convecção profunda de retorno (overturn) no mar Mediterrâneo: uma abordagem por modelagem 3D de alta resolução

#circulaçãotermohalina #descomplicando #gabriellesouza

148 visualizações

Assine nossa Newsletter

Entre no nosso Grupo do Whatsapp

Nos siga nas redes sociais

  • Facebook ícone social
  • Twitter
  • Instagram

© 2019 por Bate Papo com Netuno. Criado com Wix.com por Júlia Gonçalves