Tiradas do Netuno #16

Atualizado: Set 24


O mar profundo é um ambiente bastante oligotrófico, isso é, com grande escassez de alimento. Cada vez que uma carcaça da megafauna (tubarões, golfinhos e baleias principalmente) afunda, há um verdadeiro banquete que se divide em diferentes estágios. Os peixes grandes se alimentam dos pedaços maiores, e, aos poucos, toda aquela biomassa vai sendo consumida por diferentes animais da teia trófica. Existem até pequenos poliquetas (do gênero Osedax) que colonizam os ossos das carcaças e por ali permanecem por muitos meses ou anos, até que toda a gordura dos ossos seja consumida.


Para saber mais, acesse o post “A extraordinária vida associada às carcaças de baleias no mar profundo” publicado em 31/03/2016.

Criação: Mariane Soares (@marisoares.art), com palpites das editoras do Bate-Papo com Netuno.

#TiradasDoNetuno#MarianeSoares#Oceanografia#OceanografiaBiológica#CiênciasDoMar#BiologiaMarinha #MarProfundo #CarcaçasDeBaleia #TeiaTróficaNoMarProfundo

115 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo