Tiradas do Netuno #3

Atualizado: Jul 11



Muitas pessoas não sabem, mas a maioria dos peixes que habita o oceano libera suas células reprodutoras (ovócitos e espermatozoides) na água onde ocorre a fertilização, formando os ovos. Peixes como sardinhas, garoupas, bijupirás e atuns apresentam essa estratégia e são capazes de produzir milhões de ovos. Ao fim do desenvolvimento do embrião, após 24 horas (mais ou menos, dependendo da espécie), acontece o nascimento (eclosão) de uma pequena larva. Mesmo com a capacidade natatória ainda em desenvolvimento, essa pequenina larva enfrentará diversos desafios, como se manter em um ambiente agradável, encontrar alimento e não ser predada. Apenas 1% delas atingirão a vida adulta. Clique aqui e saiba mais sobre a vida “dura” de um peixe marinho bebê.

Criação: Gilberto Junior do Mundos Oceânicos (@oceanicworlds.arte), com uma pitada de palpites e ideias das editoras do Bate-papo com Netuno.

#tiradasdonetuno #mundosoceanicos #ictioplâncton #peixes #larvas #gilbertojunior

237 visualizações

Assine nossa Newsletter

Entre no nosso Grupo do Whatsapp

Nos siga nas redes sociais

  • Facebook ícone social
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube

© 2019 por Bate Papo com Netuno. Criado com Wix.com por Júlia Gonçalves